Drottingholm, um pavilhão chinês para a rainha

dsc03957-copia_600x600_100kbLá fora o dia está frio e chuvoso, o que me deixa um pouco triste, mas pelo menos recuperei a energia perdida em minha viagem.

Drottningholm, um pavilhão chinês para a rainha.
No final da tarde, pegamos o carro e fomos em direção ao “Castelo Drottingholm” literalmente o palácio da rainha, mas agora é a residência oficial da família real sueca e um monumento histórico da UNESCO. Um exército de estátuas gregas nos da as boas vindas, atravessamos o Teatro Real entrando no pelo Jardim.
O portão é semelhante ao Palácio de Buckingham, mas o restante da propriedade é muito semelhantes aos do Palácio de Versalhes. Pena que está chovendo! Busco ainda luz do sol através dos galhos das árvores.
Entramos pelo jardim em busca do pavilhão chines.
Quando foi construído, seu estilo era inovador, e foi um presente do rei para sua esposa, a rainha Urlika, DSC04020_600x600_100KBpor seu 33 º aniversário. Sinceramente não parece muito chinês, exceto pelo telhado pontiagudo. O resto do edifício, aparentá ser pré-fabricado de madeira. O salão era para o descanso da Rainha, onde tomava chá e jogava com suas damas de companhia.
Bem, cara Urlika, Você não perdeu nada, certo?
Foi originalmente construído de madeira, mas devido à deterioração, foi reconstruído com tijolos. Talvez seja essa a razão de eu ter a impressão de que é pré-fabricada, provavelmente em devido tempo, parecia mais “chinês”. Na frente do pavilhão, existe pequenas flores roxas, a cor favorita da rainha. Fredrick brinca comigo me chamando Ulrika, porque ele sabe que o roxo é a minha cor favorita. Ao voltarmos para o carro, nós caminhamos para uma loja pequena chamada frentet Koppartalten, que foi inspirado na guarda romana. É lá que ficam os militares. Honestamente, como se diz em Roma, tanto o Pavilhão Chines como a “Loja Romana” são um insulto para os olhos!
DSC03995_600x600_100KBAs duas estruturas pré-fabricadas contrastam com a magnificência do castelo, as estátuas neo-clássicos, e o jardim barroco onde arbustos são perfeitamente retangulares. Fredrick me disse que há uma loja de cobre ainda maior dentro do castelo da princesa, que agora se tornou o Museu da Marinha Sueca. De volta ao carro, Fredrick recebe uma mensagem de texto de Georgof, um grego que conhecemos ontem à noite no clube. Georgof é médico e vive a duas horas de Estocolmo, passará o fim de semana na cidade, eu quero ter a oportunidade de visita-lo , Fredrick convida-o para jantar.DSC04013_600x600_100KB
Fredrick preparou uma carne assada especial, carne de porco, chamado de “Kassler” com um molho feito creme de leite, leite, manga, tomate, paprica, colorau e pimenta. Arroz e salada como acompanhamento do prato. É uma homenagem ao nosso amigo grego. Tudo bem! Ele prometeu me dar a receita para que eu possa cozinhar em casa, embora não seja fácil lidar com leite, na Itália.
Antes Georgof se ir embora, Fredrick perguntou se ela tem planos para domingo, porque eu prometi fazer um típico jantar italiano. O menu ainda é um segredo!

Translated by Jean Teixeira

About these ads