Grattis pra din Federsetag! O aniversário sueco

Durante a viagem eu tentei aprender um pouco de sueco. I já sabia algumas palavras, mas sou incapaz de compreende-las ou ter uma conversação. Eu perguntei ao Fredrick como dizer “feliz aniversário” em sueco, para dizer a Mary. Ela sabe que eu sou um italiano e ela fala também inglês como os suecos: dize-le em inglês seria aceito, mas eu sempre gosto de usar a linguagem do país que eu visito. As pessoas sempre bom algum “estrangeiro” está interessado em sua língua!
Chegamos no lugar de Mary. Com um bonito sorriso eu disse:”Grattis pra din Federsetag” – Felicidade para seu aniversário!
Maria tem trinta e seis anos de idade, a irmã mais nova de Fredrick, mas honestament ele parece ser mais jovem do que ela. Dei uma volta para conhecer a casa e quando chegamos no quarto das crianças, vi uma propaganda da IKEA: duas garotas de mesma idade como Mary jogando com dez crianças, todos loiros! Brinquedos de madeira em todos os lugares, legos, e as paredes da sala de madeira sem manchas.
Enquanto as meninas jogam com as mães e as crianças, seus namorados estão no jardim fazendo churrasco, mesmo na chuva. Levamos a mulher a sua atividade de educação “na sala da IKEA”.
Os homens do lado de fora estão encharcados, tanto pelo seu suor quanto pela chuva. Carne, vegetais, e milho estão sendo cozidos.
Leif o noivo de Mary, tem mais ou menos quarente anos, alto, de óculos; quando ele vira a carne na churrasqueira, seus óculos ficam completamente embaçados. O outro homem, Kay, tem a mesma idade que Leif,  baixo e forte e bronzeado. Ele é um policial. Melhor tê-lo como amigo!

Voltamos para casa. Um dos amigos de Mary perguntou me se eu falava sueco: “Bem, deixe me ver! Eu estou tentando falar sueco? Aprendo com os meus erros!
Certa vez trabalhei como recepcionista de um hotel. Uma família Brasileira, falando português, estava hospedada no hotel. Eles perguntaram se eu poderia falar português. Eu não tive tempo para dizer “Poquino”. Eles começaram a dizer rapidamente em português. Eu descobri que o Português de Portugal é completamente diferente do Brasil. É como uma pesso de Roma e uma de Bari: totalmente diferente. Eu não quis fazer me de tolo e disse que eu não entendia o que eles diziam. Eu balancei a cabeça, dizendo “Ta bon” e sorri quando eles sorriram. Eles poderiam ter dito uma brincadeira. Eu parecia estar na cena do filme “Destruidores de corações” onde Sigourney Weaver, para pegar um milionário, finge quesabe russo. O milionário leva-la a um restaurante russo e o garçom, sabendo que ela é um aldeão começa a falar com elaem russo. Não deixar que os outros saibam que ela não entende nada, ela balança a cabeça constantemente, dizendo: … DA DA DA…! Pequenos suportes
Dessa vez, demonstrei honestamente e admiti que sei algumas palabras em sueco, mas que não consigo manter uma conversa. Então conversamos em inglês.
A mulher é loira. Eu não lembro o nome dela, lembro que ela é uma biologista em Obbola, cidade natal de Fredrick e Mary. Eles se conhecem desde pequenos.
A outra mulher segurou uma de seus filhos nos braços; ela me perguntou se tenho amigos que tenham filhos. A minha respota é que me tornei “tio” de uma menina a cerca de um mês, Victory. Mas certamente não tenho amigos que tenham filhos em casa. A razão é que tenho 26 anos de idade e muitos dos meus amigos tem a mesma idade que eu. Ela não entendeu isso, já que ela tem amigos da mesma idade que ela e tem filhos que vão pra escola. Ela disse ter trinta anos, tem duas crianças e a primera ela teve quando tinha a mesma idade que eu.
Eu explico o padrão de vida na Itália. Na Suécia é definitivamente mais fácil de ter filhos, porque a crise econômica não é tão grave, porque os alunos encontram um emprego logo após o término da Universidade que lhes dá a estabilidade necessária para começar uma família. No entanto, sua resposta me faz pensar. “Eu vou ter que pedir a um dos meus amigos de engravidar! Finalmente vem a geléia! ”
É 16,30 e jantar está pronto! É um buffet. Eu tomo um pouco de tudo: carnes grelhadas mistas, milho assado e legumes.Eu gosto dos molhos diferentes, e a mistura de alho, manteiga e queijo que é típico da vila de Fredrick. Eu também gostode um queijo semelhante ao queijo defumado, que é grelhado na verdade: o Halumi.
Há um bolo de aniversário para a sobremesa. Ele é coberto com merengue e tem camadas de morangos e merengue …Slurp! Eu tomo uma xícara de café. Há ainda a metade da esquerda do bolo. Mary pergunta se eu quero outro pedaço. Não dar entristecem-la … CONCORDO! Enquanto eu desfrutar de cada única mordida, eu prometo que amanhã eu verificarei as medidas da minha cintura, mas eu sempre digo isso e começo a dieta de manhã e paro no almoço.

Translated by Fábio Cândido de Araujo