Uma viagem por Helsinki

08/06/2012

18:00h
dsc00737Estamos a bordo do navio que nos levará para Helsinki, na Finlândia. Um dia de viagem, chegaremos amanhã às 10:00h e partimos à noite, retornamos na manhã de domingo. No entanto precisamos apenas de um dia para conhecer Helsinki, não é muito grande. Enquanto escrevo isso, subimos as escadas em linha reta, alí estamos ao ar livre e tem um lindo sol. Aproveito esta oportunidade para bronzearme um pouco. Fredrick também disfruta tomando o sol, de modo que nos sentamos em um banco e levantamos o queixo beijando a luz solar. Aproveito os intervalos  em que Fredrick bebe sua cerveja para escrever, porque não parar por um momento. Não me interpretem mal, tudo o que ele diz é muito interessante, por sinal é uma grande compania e eu aprendo um monte de coisas com ele, parece uma enciclopédia, mas eu preciso me concentrar para escrever e posso me distrair con sua conversa.
De brincadeira le digo – Deixe-me escrever! Mas ele continua falando sem interrupção.
Esta manhã nos levantamos tranquilamente, preparamos as malas, empacotamos suas coisas, ja que sé temos 1 dias, eu o ajudei a organizar algumas caixas e, finalmente, colocar o carro na garagem, assim Fredrick pode se sentir confortável e feliz como uma criança, ter estacionamento privado, em Estocolmo, é como ter uma casa com piscina em Roma.DSC00661_600x600_100KB
Por volta das 15:00 saímos de casa e vamos ao porto onde esperamos o navio para Helsínquia. A viagem vai durar 17 horas, passando por Ǻlland, uma ilha entre a Suécia ea Finlândia, mas que é um estado em si, como San Marino, em um nível burocrático onde não pagam impostos eo estranho é que,  já que desembarcamos em  Ǻlland todas as lojas do navio não cobrarão IVA (impostos).
Fredrick que adoram fazer compras, não perde esta oportunidade. Na verdade, assim que o navio chega na ilha, Fredrick está no DSC01193supermercado e aproveitar o “duty free” para comprar algumas necessidades básicas: um carrinho cheio com 4 caixas cervejas, diz que é o suficiente para a viagem, um maço de cigarros, duas garrafas de vodka e chocolate, tudo para a modesta quantia de 100 €.
Deixamos o carrinho com as compras em nossa cabine e damos um paseio pelo navio que é imenso! Entrando nele mais parece um navio de cruzeiro, no sétimo andar, está a recepção com o mascote finlandes, um grande corredor de lojas, centro de informações, restaurantes e cafés. Parece ser o Titanic, esperamos não encontrar nenhum iceberg ou iremos até o fundo com o Concordia.
No sexto andar tem dois restaurantes, incluindo o buffet, onde temos uma reserva para esta noite. Além disso, tem o supermercado onde estávamos antes, se parece a qualquer supermercado onde as pessoas vão fazer compras todos os dias, exceto que em vez de sacolas de compras com ovos, pão e massas, estam garrafas de gin, de vodka, uísque, caixas de cigarro e sacos de doces!
No oitavo, nono e décimo andar estão os camarotes, no décimo primeiro anda o barco tem um discoteca estilo New York.DSC00697_600x600_100KB
No décimo segundo andar, o último, tem a terraça onde eu estou agora, aqui você vai encontrar dois bares ao ar livre, uma piscina coberta para crianças e uma banheira de hidromassagem.
Ao longo do caminho há inúmeras pequenas ilhas, não habitadas, você pode encontrar castelos, pequenas casas rurais ou vilas supermodernas. No entanto, até mesmo a habitação rural pode custar milhões de euros. Passamos em frente a uma ilha muito pequena para ser habitável, e que os excrementos de aves matou todas as plantas e árvores que tinham crescido lá. Incrível!
O vento acaricia-me gentilmente, às vezes me dá um tapa como pingüins de Vigorsol, especialmente quando esta perto de aparecer melhores ilhotas.
Penso novamente em Oslo no âmbito de Andersen, eu seria o pólen do dente de leão viajando, o vento me faz gozar de liberdade e apesar de ter pasado apenas uma semana, graças a Fredrick, eu vivi muitas experiências e isso é só o começo. Eu não sei o que o destino reserva para mim, eu não sei, mas eu vou encontrar pessoas maravilhosas como ele, que apesar de continua conversa, le devo cada momento, cada experiência, e, francamente, não existem palavras para expressar todas as primeiras vezes e as descobertas desta viagem inesquecível. Já estou de volta de Helsinki, a poucas horas, sete para ser exato, mas intensas!

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...